Busca Ok A+ | A-

Nutrição e Paciente Crônico

 

A desnutrição, frequente em pacientes crônicos, deve ser prevenida e tratada, pois o estado nutricional prejudicado aumenta o risco de complicações e piora a evolução clínica dos pacientes. Portanto, a terapia nutricional (TN) constitui parte integral do cuidado ao paciente.

O paciente crônico frequentemente tem problemas relacionados à deficiência nutricional, devido, muitas vezes, à progressão da própria doença, à associação de múltiplas patologias e, em alguns casos, à idade avançada. Esta deficiência, além de causar a desnutrição, queda do estado geral, aumenta a probabilidade do desenvolvimento de úlceras por pressão, re-internações e infecções, devido ao estado nutricional comprometido.

Este paciente, quando portador de uma doença degenerativa (AVC, Alzheimer, Parkinson , Esclerose Múltipla, entre outras), tende a necessitar de suporte nutricional especializado, já que a evolução destas doenças podem levar o paciente a impossibilidade de ingerir alimentos por via oral, por distúrbios neurológicos com.

Vias de administração da nutrição enteral
Condutas em caso de distúrbios gastrointestinais mais comuns
Cuidados na administração da dieta enteral